Artigos Mais Recentes

Abortamento (Abortos Espontâneos)


O aborto espontâneo é muito mais comum do que se imagina. Você sabia que até 20% das gestações evoluem para aborto antes das 20 semanas, sendo que destas, 80% são interrompidas até as 12 semanas? Ou seja, de cada 10 mulheres que engravidam, 2 perdem os bebês. Nestes casos, a gestação é interrompida naturalmente, pelo próprio organismo da mulher.


Os sintomas mais comuns são sangramentos e dores abdominais. Há casos em que é necessário fazer uma curetagem, como se fosse uma limpeza do útero, quando o organismo não consegue expelir tudo sozinho.


Quais as causas? Cerca de metade de todos os casos de aborto são consequências de anomalias cromossômicas. Em outros casos, podem estar ligados a algum problema do organismo da mulher (colo do útero aberto, alterações endócrinas e na tireoide, miomas uterinos, entre outros).


Alguns outros fatores que também estão relacionados à perda gestacional são:


▪️Idade: o risco de aborto aumenta com o avançar da idade materna, chegando a 40% aos 40 anos e 80% aos 45 anos;

▪️Antecedente de aborto espontâneo: aumenta após duas ou mais perdas;

▪️Tabagismo

▪️Consumo de álcool e drogas.

▪️Uso de determinados medicamentos.

▪️Obesidade ou magreza extrema.


Lembre-se que nenhuma dica substitui a avaliação médica! Em caso de dúvidas, agende uma consulta!

Dra. Graziele Cervantes CRM: 178589 - SP

#dragrazielecervantes#ginecologistasp#menstruacao#sangramentouterino#fluxomenstrual#utero#colicamenstrual

2 visualizações