Miomatose

Miomas uterinos são tumores uterinos benignos de natureza muscular. São os tumores pélvicos mais comuns, e pode comprometer 70% das mulheres em idade fértil, sendo mais comum ao redor dos 45 anos. 

Os miomas apresentam diferentes tamanhos e localizações. Estas variareis podem influenciar diretamente nos sintomas que eles promovem.

Os miomas são tumores benignos estrogênio-dependentes que se formam na camada muscular do útero, o miométrio. Eles se desenvolvem ou involuem de acordo com o nível de estrogênio no corpo da mulher. Todo o tratamento é baseado nessa característica da doença. Também há evidências de que eles sejam sensíveis à ação da progesterona. Também há evidências de que eles sejam sensíveis à ação da progesterona.

Causas do Mioma

Há alguns fatores que se associam a presença do mioma como mulheres de raça negra, índice de massa corporea elevada. No entanto, as causas genéticas e hormonais são os principais gatilhos dos miomas ou fibromas.

Classificação dos Miomas

Os miomas são classificados de acordo com sua localização no útero:

  • Intramurais (mais comuns): localizam-se no miométrio, camada interna do útero, entre o endométrio e o perimétrio;

  • Subserosos: afetam a camada externa do útero e podem se desenvolver para fora, pressionando outros órgãos da região pélvica;

  • Submucosos (menos comuns): formam-se próximo ao endométrio e abaúlam a cavidade uterina.

Sintomas 

Pacientes portadoras de mimosa podem ser assintomáticas e serem diagnosticados durante os exames ginecológicos de rotina. No entanto, os principais sintomas estão relacionados a:

   • Dor pélvica 

  • Maior fluxo menstrual ou fluxo menstrual irregular

  • Sangramentos inesperados

  • Dificuldade para esvaziar a bexiga ou dores na bexiga

  • Dores durante a relação sexual.

  • Dificuldade para evacuações.

Diagnóticos dos Miomas

É comum que a mulher descubra a presença de miomas durante exames de rotina. Quando isso acontece, são solicitados exames complementares para verificar a extensão e as características da doença.

Os principais exames para o Diagnóstico são:

- Ultrassonografia Ginecológica

- Ressonância Magnética de Pelve

- Histeroscopia Diagnóstica

Tratamento dos Miomas

Há muitas opções para o tratamento dos miomas, a depender de cada caso e também do desejo de fertilidade da paciente.

 

Para os casos assintomáticas, apenas o monitoramento é suficiente, no entanto, para os sintomáticos, o tratamento medicamentoso e cirúrgico pode ser indicado. 

 

No caso dos tratamentos cirúrgicos minimamente invasivos, alternativas como a retirada dos miomas isoladamente ou a retirada do útero deve ser avaliada.

Agende sua consulta

Preencha os dados do formulário que retornaremos o contato

"A excelência é um horizonte"